Por Yara Peres
Colaboradora

O cineasta Fernando Nogari destaca que o litoral da Icapuí é surpreendente e mágico

Icapuí – CE. A cantora norte-americana Selena Gomez, uma das cinco celebridades com o maior número de seguidores no Instagram, estreou na última semana um videoclipe de seu mais novo single “Baila Conmigo” em parceria com o rapper porto-riquenho Rauw Alejandro. E o cenário escolhido para contar a história da canção foi a Praia da Redonda, em Icapuí, Litoral Leste do Ceará, município que faz divisa com Tibau, no Rio Grande do Norte. O lançamento ficou entre os assuntos mais comentados da rede social Twitter e surpreendeu alguns internautas pela escolha do cenário brasileiro.

A direção do videoclipe ficou por conta do cineasta Fernando Nogari, um dos mais jovens talentos do audiovisual brasileiro, conhecido por seu estilo mais alternativo de contar histórias. Nogari conversou com a Eco Nordeste sobre como o Nordeste, e em especial o Ceará, entraram para esse projeto. “Quando fui abordado pela equipe da Selena para criar uma ideia para este projeto imediatamente lembrei do Nordeste. Em 2018 eu havia ministrado um workshop sobre videoclipes em Fortaleza (CE) no Instituto Dragão do Mar e durante este período eu conheci uma pescadora, que também é cineasta, a Sidnéia. Foi ela quem me apresentou a Praia de Redonda”, explica.

No videoclipe é possível reconhecer as falésias alaranjadas, características de algumas praias do litoral nordestino, bem como, objetos cenográficos, característicos da comunidade local. “Nossa ideia sempre foi representar o Nordeste em toda sua autenticidade e beleza, que é de uma riqueza infinita. A Carol Ozzi, diretora de arte, mergulhou na estética da região, buscando todos esses detalhes genuínos para que o clipe comunicasse a atmosfera do Ceará e do Nordeste com honestidade”, revela Nogari.

O diretor revelou que optou por escolher o casal protagonista do vídeo, Ariane Aparecida e Kibba, de São Paulo e Rio Janeiro, respectivamente, por medidas de segurança devido à pandemia. “As filmagens duraram três dias e por restrições da Covid-19. Eu não teria condição de realizar testes presenciais com os atores locais, então escolhi pessoas que eu já conhecia, mas toda a figuração foi local e os protagonistas incorporavam a diversidade e beleza do Brasil”.

Questionado sobre o potencial do Ceará para produções audiovisuais, Fernando Nogari, não hesita em tecer elogios à região. “Não só o Ceará, mas o Nordeste todo tem esse potencial. O Brasil é de uma riqueza infinita. Eu sempre me emociono com a beleza do Nordeste, das pessoas, desses detalhes todos e da vida em contato direto com a natureza. Foram dias mágicos que passei por lá e fiquei com muita vontade de voltar e gravar algo. Tenho algumas ideias, mas assim que superarmos esta etapa de isolamento social, eu adoraria passar um tempo no Nordeste”.

Sobre os bastidores das gravações, Nogari nos revela uma curiosidade: “A parede que pintamos com o nome da Selena Gomez acabou viralizando no Twitter e hoje algumas pessoas viajam até lá para tirar uma foto com o mural. As paisagens ao redor de Redonda, no Ceará, me chamaram muita atenção desde a primeira vez que visitei. Eu sempre tenho a sensação de estar em outro planeta. Essa mistura das falésias, com as dunas, com o mar é surpreendente e mágico”.

Confira o clipe “Baila Conmigo”

Cores do Ceará

Com mais de sete anos de experiência na área de maquiagem, a cearense Giu Rodrigues foi a responsável por levar um estilo mais natural aos artistas no videoclipe, por meio de sua técnica. Com trabalho focado na área de moda no Ceará, o nicho do audiovisual foi uma oportunidade inesperada de mostrar seu trabalho para o mundo. “Eu já fiz vários trabalhos, estudei em São Paulo com uma maquiadora da Channel, que me chamou para o São Paulo Fashion Week e participei de vários desfiles. A indicação para fazer a maquiagem do clipe foi de um amigo cineasta que sempre acreditou no meu trabalho, estudou com o professor Nogari, que pediu a indicação de alguém para maquiagem do projeto e ele me indicou”.

Giu revela que participar de um clipe internacional parecia algo muito distante dos seus sonhos, mas foi uma experiência surpreendente. “Quando eu recebi a ligação da diretora de arte dizendo que gostaria do meu trabalho do jeito que eu faço, isso foi o mais emocionante de tudo porque eu passei um bom tempo com poucos trabalhos, ninguém aqui no Ceará gostava do meu estilo de maquiagem e ter uma diretora de arte de um clipe internacional falando pra mim que o que eles querem é exatamente o que eu faço foi inexplicável”.

Ainda segundo Giu, suas sugestões para compor a maquiagem dos protagonistas foram muito bem aceitas pela equipe de gravação, que buscava exatamente o estilo que a maquiadora queria oferecer. “A maquiagem foi bem leve, com foco na hidratação da pele. Não gosto de excesso e nada que cubra tudo o que a gente considera imperfeição. No fim do clipe dá pra ver que ela está com olheiras. Esse é o tipo de maquiagem que eu acredito. Nós estamos num momento de pandemia e muita gente não consegue dormir. Não fazia sentido eu vender uma mentira. E ter esse estilo aceito internacionalmente por uma grande artista foi impagável”, revela.

Sem Comentários ainda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pular para o conteúdo